Planos de saúde: as operadoras melhor avaliadas no IDSS - Portal Corretor SA

Portal Corretor SA

Planos de saúde: as operadoras melhor avaliadas no IDSS

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) divulgou em março o resultado do Índice de Desempenho da Saúde Suplementar (IDSS), que faz parte de seu Programa de Qualificação das Operadoras 2019 (ano-base 2018), iniciativa para o estímulo à qualidade dos planos de saúde.
O IDSS permite a comparação entre operadoras, estimulando a disseminação de informações de forma transparente, a redução da assimetria de informação e a ampliação da concorrência no setor. Na plataforma eletrônica de divulgação, os resultados são apresentados por operadora, incluindo as opções de seleção por segmento (médico-hospitalar ou odontológica), faixa de avaliação e possibilidade de comparar na mesma tela os resultados das empresas. Além disso, estão disponíveis no portal da ANS diversos relatórios consolidados, incluindo o histórico dos resultados do IDSS por operadora de planos de saúde desde o ano-base 2008.
O IDSS geral do ano-base 2018 foi de 0,7691, sendo 1,0 a nota máxima de desempenho, e 0 a nota mínima, de acordo com os resultados do Programa. O resultado é apurado através do cálculo da média ponderada dos índices de desempenho de todas as operadoras de planos de saúde. Das 1.001 avaliadas em 2018, 869 atenderam aos requisitos para a divulgação dos resultados.
Desde o ano-base 2017, o Programa utiliza, como fonte de dados da maior parte dos indicadores, o TISS – Troca de Informações na Saúde Suplementar, um padrão de trocas eletrônicas de dados de atenção à saúde. De acordo com o diretor de Desenvolvimento Setorial da ANS, Rodrigo Aguiar:
“A utilização do Padrão TISS ampliou o escopo do Programa e introduziu novos indicadores, o que permitiu a melhor avaliação do desempenho das operadoras, em particular, em seus aspectos assistenciais”.
Para o ano-base 2018, a ANS introduziu, também, indicadores que avaliaram aspectos estratégicos da regulação, como a avaliação do reajuste aplicado aos planos de saúde coletivos e a comercialização de planos individuais.
Os resultados apontaram que 40% das operadoras apresentaram reajustes de planos de saúde coletivos sem grandes disparidades e próximos à média do setor; e que 27,57% do total de operadoras (médico-hospitalares e odontológicas) apresentaram crescimento da carteira em planos individuais.
Entre as operadoras do segmento odontológico, 41% foram bonificadas. Entretanto, entre as médico-hospitalares, apenas 23% foram pontuadas, demonstrando que esse ainda é um desafio para este segmento.
A gerente de Estímulo à Inovação e Avaliação da Qualidade Setorial da ANS, Ana Paula Cavalcante, explica que, para o ano-base de 2018:
“Além da introdução de novos indicadores compondo o IDSS, houve o aumento da pontuação bônus para as operadoras acreditadas, como uma forma de induzir o setor às melhores práticas, bem como estimular que as operadoras procurem se acreditar.
Foi mantida, ainda, a pontuação bônus para participação da operadora em Programas de Indução da Qualidade da ANS, como o Parto Adequado e a Certificação em Atenção Primária à Saúde – APS”.

IDSS das 10 operadoras de planos de saúde com melhor desempenho

No ano-base 2018, 43 operadoras obtiveram nota máxima no IDSS. Destacam-se, a seguir, as 10 operadoras com as maiores notas no IDSS no ano-base, cujo critério de seleção levou em consideração, também, o desempenho da operadora nas dimensões, sem a pontuação extra do programa de acreditação de operadoras, e independente da segmentação e número de beneficiários.
Ressalta-se que as 10 operadoras com melhor desempenho são todas de segmento médico-hospitalares, de médio e grande porte, e acreditadas no nível máximo (Nível I).
 
Edit the image to add a caption
 

IDSS das maiores operadoras médico-hospitalares

Resultados das operadoras médico-hospitalares com maior número de beneficiários do setor, o que não corresponde, necessariamente, aos melhores desempenhos.
 
Edit the image to add a caption
 

IDSS das maiores operadoras odontológicas

As operadoras exclusivamente odontológicas com maior número de beneficiários do setor, o que não corresponde necessariamente aos melhores desempenhos.
 
Edit the image to add a caption
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *